segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

FELIZ ANO NOVO - UNIVERSAL


FELIZ ANO NOVO - UNIVERSAL

Seja qual for seu credo, sua religião,
Seja qual for seu estado de vida, sua opção,
Seja qual for sua escolha ou sua vocação,
Seja qual for seu trabalho, sua profissão,
Seja qual for seu país ou sua nação,
Seja qual for sua cidade, sua região,
importa é que faça o bem, estenda a mão!
Seja feliz, minha irmã, meu irmão!
Alegre-se e cante uma linda canção!
FELIZ ANO NOVO A TODOS!
Desejo de coração!

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

ESPECIAL GRATIDÃO

Cartaz  para um momento especial, momento de gratidão.





Jamais esquecer de dizer,
com alegria no coração, 
por todo bem recebido:
Especial Gratidão!







50 anos de Vida Religiosa

                                                                           


Parabens para quem já fez 50 anos de Vida Religiosa/Consagrada!
Que sua vida seja sempre abençoada e que dê testemunho do grande amor de Deus pela humanidade!



domingo, 9 de dezembro de 2012

Mensagem de Natal


                 

Feliz Natal, Boas Festas com Jesus!
Ano Novo feliz, cheio das
 graças de Deus!

          É Natal! É tempo de abrir o coração amplamente para a chegada  do Senhor Jesus que quer nascer em nosso coração e ficar para sempre.
         É tempo de reconhecer as graças e bênçãos recebidas durante o ano! É tempo de amor, de fé, de confraternização, de reconhecer que somos todos irmãos e irmãs, filhos e filhas do mesmo Pai!
         É Luz, é alegria, é festa na Igreja, em nossa casa, em nosso coração e em todo o universo porque Jesus Nasceu!
 
Feliz Natal e abençoado Ano Novo para cada um, para a família,
e para todos que lhes cercam!

Um abraço natalino para todos!

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

AGITAÇÃO X CALMA, PARAR X CORRER


Desenho: Sandy Regina R.B.

AGITAÇÃO, ATACAMENTO x CALMA, PARAR x CORRER

         Quem quiser escutar a si mesmo(a) e aos outros, mantenha a calma no seu coração e sempre escutará melhor.

         Se alguém só passa pela vida correndo, perde a oportunidade de ver as pequenas coisas e certos detalhes das grandes.

Se alguém não sai do lugar, perde a oportunidade de conhecer coisas novas e corre o risco de “enferrujar”.

         Quem corre muito precisa aprender a parar e quem nunca corre, necessita aprender a correr; o melhor de tudo,  não é aprender a correr ou a parar simplesmente,  mas é descobrir o tempo certo para cada coisa.

         Correr, ser ágil, usar de rapidez..., conforme o momento ou a situação, é preciso e muito importante; mas, atacar-se, agitar-se nunca é necessário e nem é sinônimo de rapidez e é sempre bom ter presente essa diferença, pois, a agilidade ajuda e a agitação atrapalha.

         Se alguém corre mais ou corre menos, não deve forçar o(a) outro(a) a correr igual.  Deve-se observar se é necessário para aquela hora e se o(a) outro(a) tem as mesmas condições de corrida.  Pode ser ruim se nunca corre ou se nunca pára, mas cada um(a) pode ajudar o(a) outro(a) em algum ponto: ou a correr mais ou a parar mais.  O equilíbrio é o ponto ideal e ele saberá a hora de cada coisa.

         Calma não é sinônimo de passividade, preguiça, moleza, fechamento e semelhantes.  Calma é o estado de espírito sinônimo de paz, cautela, escuta, aprendizagem... Ela “guarda e medita em seu coração” todos os acontecimentos até que nasce nela a sabedoria.

         Manter a calma não é sinônimo de “deixar cair o mundo”, mas é sustentar o mundo exatamente para não cair, pois, manter a calma é um estado de espírito diferente de ser passivo, parado, indiferente, de “não ligar para as coisas”, de não ter opinião; mas, saber correr quando se precisa (para não se atrasar nem atrasar a vida do outro),  expressar suas opiniões e escutar as dos outros sem se agitar, sem se atacar, ou seja, fazer o que deve ser feito e como deve ser feito e tentar novamente quando não acertar. 

         A calma é como a serenidade: não se enche de orgulho,  não pára no meio do caminho, não acha que faz mais que os outros, não deixa o serviço para os outros se ela pode fazer, não se queixa nem reclama da vida, está sempre atenta para situações de emergência.  Ela sempre saberá correr em situações necessárias.  Tem o coração em paz.

         Nunca se deve cobrar o adiantamento de uma pessoa se ela chega conforme o horário combinado, pois, não há motivo para inquietação e, se por acaso, houver algum atraso, antes de brigar, xingar, reclamar ou “derrubar o mundo”, é melhor perguntar primeiro o que aconteceu, porque sempre há possibilidades de imprevistos na vida de cada pessoa.  Todavia, observar a pontualidade, ficam fora os motivos de reclamações, tanto para os “adiantados” como para os “atrasados”.

         Nem toda hora é hora de correr, também é preciso saber parar e contemplar as coisas e pessoas ao nosso  redor e está atento(a) a tudo o que nos cerca.  Se for hora de correr, corre-se; se for hora de parar, pára-se.  O importante é perceber cada situação.

         Correr numa hora que se deve parar faz da vida um desastre.  Parar numa hora que  se deve correr, também é um desastre de vida.

         Corra, adiante-se, faça as coisas o mais rápido que puder, mas com cuidados e sem stress, pois, fazer sempre tudo correndo, pode lhe fazer parar de vez.

         Não pare no meio do caminho, faça o que for preciso de acordo com suas condições físicas e o tempo que se tem. Em outras palavras, mantenha um ritmo normal.  Corra nas emergências, pare no momento de descanso e viva a vida sempre com encanto e entusiasmo.

Do Livro “Aprendendo com a Vida”
Autoria: Ir. Elenilza – SMI
Inspiração: em 2005.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Agradecendo ao Senhor



AGRADECENDO AO SENHOR

Que poderei retribuir
A meu Deus, ao meu Senhor?
Por tudo que Ele me tem dado,
Pelo que fez em meu favor?

Sou-lhe grata por tudo
Sou-lhe grata hoje e sempre
Seja em qualquer lugar
Sou-lhe grata eternamente!

Por tudo que recebi
Agradeço de coração!
Pelos que percebi ou não,
Muito louvor e gratidão!

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

FERTILIDADE HUMANO-ESPIRITUAL



FERTILIDADE HUMANO-ESPIRITUAL

Tenhamos uma mente fértil
Usando de criatividade
Mas não para qualquer coisa,
Ou para criar futilidades,
Mas para ter boas idéias
Isso em qualquer idade.

Passando para uma Vida Fértil
Onde se realiza o amor,
Transformado em caridade,
Em prática de grande teor,
Fazendo o bem para todos
Expressando humano valor!

Amar a Deus e ao próximo
É, do Senhor, o mandamento
Na prática é fazer o bem,
É querer o bem todo momento,
O que quer pra si quer para o outro,
Sabendo aliviar sofrimentos.

Mesmo na hora de corrigir
Cuida no que vai dizer
Não que não possa falar,
Mas no modo de como fazer,
Não para diminuir a pessoa
Mas para vê-la crescer!

Que todo o nosso ser
Tenha essa fertilidade
Na mente, espírito, coração
Em mil e uma criatividade
usando sempre para o bem
de toda a humanidade.
        
No trabalho, na escola,
Na família ou comunidade,
Na rua, lazer, convivência,
No amor, na amizade!
Em qualquer lugar onde estiver
Seja qual for a realidade!

(Ir. Elenilza – SMI / MESC)
          Inspiração 2012 

AMOR E AMIZADE




AMOR E AMIZADE
 Depois de Deus, os amigos são o grande sustentáculo para a vida e podem ser encontrados na família, na comunidade, na escola, no trabalho, na missão, até num encontro casual, informal e, que na partilha, a amizade vai crescendo, solidificando, aumentando a confiança e chega ser tão forte que se torna esse sustentáculo em qualquer situação.

         No coração de quem ama, as flores brotam em qualquer estação porque ele é sempre fértil.

         Sentir-se verdadeiramente amado (a) é experienciar uma felicidade tão grande que ultrapassa qualquer obstáculo.  Até mesmo a morte perde seu poder assustador.

         A amizade é uma das mais belas formas de amar e, quando ela é realmente grande, tudo se transforma para melhor ao olhar, ao ouvir, ao falar, ao sentir a presença do (a) amigo (a).

         Nem todos que amamos são nossos amigos, mas todos que são nossos amigos, nós amamos de maneira especial.

         Uma amizade profunda é comprovada pelo grau de confiança recíproca e, esta reciprocidade, é que faz a solidez da amizade.  Nada a destrói.

         Os grandes amigos se conhecem e, por mais “histórias” que se inventem para destruí-los ou afastá-los, eles saberão onde está a verdade.

         O amor e a amizade são como o oceano: você mergulha nele, sente que é grande a sua profundidade, mas, jamais conseguirá falar da sua totalidade.  Apenas sente-se, vive-se, percebe-se nas atitudes cotidianas e nas mais diversas formas de expressão; até mesmo no silêncio.

         O amor é a motivação para tudo que se quer fazer, para chegar onde se pretende, para viver em plenitude, para ser feliz.

         O verdadeiro amor é a essência entre Deus e os seres humanos, entre os casais, entre pais e filhos, entre os irmãos e irmãs de sangue ou de comunidade, entre os amigos, entre a humanidade.

         Depois de Deus, os amigos são o grande sustentáculo para a vida e podem ser encontrados na família, na comunidade, na escola, no trabalho, na missão, até num encontro casual, informal e, que na partilha, a amizade vai crescendo, solidificando, aumentando a confiança e chega ser tão forte que se torna esse sustentáculo em qualquer situação.

Autoria: Ir.Elenilza   - SMI
Do Livro: “Aprendendo com a Vida”.
2005

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

HOMENAGEM DE GRATIDÃO




       

G R A T I D Ã O





Gira dentro de mim uma palavra

Reluz, reflete, rebate em meu coração

Aparece como resposta ao bem recebido

Tempo e distância não fazem esquecê-la, não! 

Idealizo como vou expressá-la

Divago encurtando o espaço e o tempo

Anseio pelo momento de chegar e dizer

O que eu quero é expressar minha gratidão a você!

              Gratidão a você, Obrigada! 
                                                                                                                        
                                                                                           Ir. Elenilza - SMI
                                                                                           Inspiração em 2001.

GRANDES E PEQUENAS COISAS (Pensamentos)




GRANDES E PEQUENAS COISAS

         Fazer “tempestade num copo d’água” ou fazer copos d’água numa tempestade, depende da mesma força de transformação, só que usada inversamente ou de maneira diferente.

         Para que fazer do possível o impossível quando o “Impossível” já se fez possível? Basta acreditar que “Nada é impossível” e que “Tudo é possível”.  Assim, esse nada e esse tudo se tornam uma só realidade.

         Quando os olhos não vêem, o coração pode sentir; se o coração ainda não sente, a mente pode imaginar e tudo se faz presente.  O coração começa a sentir e os olhos vêem além das fronteiras.

         Mesmo que surjam pedras e espinhos, há milhões de flores pelo caminho.  As pedras servem de base para nos tornamos fortes e resistentes na caminhada e na vida.  Os espinhos nos ensinam a termos mais cuidado com as coisas e pessoas que encontrarmos. Mas, o que deve ser oferecido às pessoas são as flores. Por isso, contemplemos as flores, apreciemos sua beleza, sintamos o seu perfume e passemos para aqueles que encontrarmos adiante. Assim nossa vida sempre será bonita, bela e com ares perfumados.

         As flores são passageiras – efêmeras – mas sempre passam deixando alguma ou muitas coisas: beleza, perfume, colorido para a vida, boas lembranças; sinais ou expressões de amor, bondade, ternura, carinho, amizade... Assim também são as pessoas boas: são passageiras, morrem iguais às outras, mas sempre fazem bem para a vida, para todos que as cercam.

         Saber pensar é saber ser livre.  E ser livre para pensar, ter a liberdade de pensamento é sentir essa liberdade.
         O pensamento é um dos meios de transporte mais velozes e é maravilhoso fazer viagens com ele.

         Quando alguém ainda não conseguiu chegar à total liberdade interior, mas tem o desejo de chegar, já atingiu parte dela, talvez 50%, pois, o desejo de chegar faz a pessoa tentar e se empenhar até conseguir.

         Só chega a uma totalidade, seja ela qual for, quem aprendeu a dar os primeiros passos, a encher as primeiras medidas, a se alegar com os primeiros grãos, a ver os primeiros raios de luz, a subir os primeiros degraus, a começar das pequenas coisas, a enxergar as maravilhas dentro e ao redor de si...

         Quando descobrirmos o interior de uma pedra, aparentemente rústica, poderemos conhecer a preciosidade das pedras e o brilho envolvente que elas carregam, dentro de si, em segredo.  O mesmo vale para pessoas aparentemente carrancudas. Talvez (inconscientemente), estejam esperando que alguém descubra sua beleza interior, as ame, ou que as aceite com naturalidade em sua vida.  A partir daí, pode-se perceber a grande transformação.

         Se abrirmos a janela do coração, enxergaremos a realidade de dentro e de fora; mas se conseguirmos abrir a porta, poderemos participar ativamente dessas realidades.

         A melhor transformação é de dentro para fora. Se o coração sorrir primeiro, automaticamente, o rosto e todo o ser sorrirão, pois, o caminho é curto, reto, de rumo certo e o sorriso é verdadeiro e duradouro; mas, se o rosto sorrir primeiro, poderá não atingir o coração porque a estrada não é a mesma, é longa e cheia de curvas e que se forma conforme o momento.

         Cada um deve procurar primeiro, o seu próprio equilíbrio, sua autodisciplina, sua auto-superação para depois ter condições de ajudar o outro a fazer o mesmo ou, pelo menos, buscar juntos e nunca querer que o outro cresça primeiro.

         Quando o coração experienciou uma grande felicidade, ele não se incomodará se viverá muito ou pouco porque essa felicidade valeu por toda uma vida.

         Nunca faltarão flores no interior de uma casa, quando seu (sua) dono (a) descobrir os segredos de como melhor cultivar os jardins em torno dela.

         O Belo é belo, mas o mais belo é fazer o belo brotar de um nada e contemplá-lo: como Deus com sua criação, como os artistas com as diversas artes, como alguém que no seu dia-a-dia, diante de coisas aparentemente insignificantes, descobre sua beleza e se sente feliz em contemplá-las.

         Uma poda adequada faz a planta crescer, ficar mais bonita, produzir e reproduzir mais.  Se quem a fizer não souber podar, poderá até matá-la.  Assim acontecem também com os seres humanos nas mais variadas “podas”.  É preciso fazê-las na medida certa e, conseqüentemente, os frutos serão abundantes.

         A maioria das pessoas quer resultados imediatos mas, além de conseguir o que a impaciência não consegue,  a paciência consegue muito mais e com resultados melhores.  Principalmente com coisas ou situações que requerem cuidados.

         Quando o coração vai se libertando ou quanto mais livre ele está, tende a ser alegre, a expressar livremente o que sente e o que acha, a não menosprezar as pessoas, a não buscar compensações, a não controlar as outras pessoas, a se doar naturalmente e naturalmente tem o bom retorno.

         Muitos partem de um mesmo ponto e querem chegar a outro ponto comum, todavia, cada um tem seus meios próprios de chegar: quem parte um “mês” antes, quem faltando uma semana, quem restando só um dia... O que importa mesmo é que, no final, todos se encontrem e atinjam os objetivos.

         Nem tudo é como a gente pensa, pois, o que cada um pensa é apenas uma maneira de pensar ou de ver as coisas.

         O mais aparentemente forte pode ser o mais fraco e, o mais aparentemente fraco, pode ser o mais forte; depende da situação que enfrenta, pois a verdadeira força vem de dentro e a verdadeira transformação também.

         Dê o máximo de si, mesmo que diante dos outros seja aparentemente “um nada”, pois, não importa a quantidade dada, mas a qualidade da doação.

         Há olhos que vêem mesmo fechados; há coração que sente além das fronteiras, à longa distância; há boca que fala em silêncio, sem ser aberta; há ouvidos que entendem o que se fala em silêncio; há pensamento que percorre o mundo inteiro; há enigmas que foram revelados, há os que ainda serão e há os que nunca serão revelados nesta vida; há também milhões de coisas que parecem ser e não são e milhões que não parecem e que realmente são e há as que são o que verdadeiramente são.

         Nem toda noite é escura, nem todo dia é claro; nem toda pergunta precisa resposta, nem toda resposta deriva de uma pergunta; nem toda violência é “violenta”; nem todo sonho é ilusão, nem tudo que se vê é real; nem tudo que se ouve é conforme nosso entendimento; nem todo gesto bom foi feito com amor no coração; nem tudo o que parece ser é; nem... é... Esse é um convite a “acordar”, a enxergar a verdadeira realidade ou a verdade das coisas, da vida.

Texto do Livro “Aprendendo com a Vida”
Autoria: Ir.Elenilza  - SMI  
2005

sábado, 15 de setembro de 2012

AMIZADE: uma das mais belas formas de amar!



AMIZADE: UMA DAS MAIS BELAS
FORMAS DE AMAR!

         A Amizade é uma das grandes maravilhas que existem na vida! E nós devemos contemplá-la e agradecer a Deus por esse grande DOM que Ele nos deu.

         As pessoas são diferentes em muitas coisas e iguais em tantas outras, no entanto, o que importa é que sempre nos compreendamos e nos aceitemos do jeito que somos, ajudando-nos naquilo que podemos para ser melhores.

         É maravilhoso contemplar uma grande amizade, onde as pessoas são sinceras na expressão de seus sentimentos e das coisas que acontecem consigo, sentindo-se bem partilhando a vida.

        Numa partilha diminuímos o peso e aliviamos a dor quando compartilhamos com uma pessoa amiga. E, quando estamos alegres, aumentamos ainda mais a alegria do nosso coração.

         Confiar em alguém é, além de abrir o coração, ter a capacidade de perceber no outro(a): a capacidade de acolher e guardar àquilo que lhe foi confiado. Confiar é correr o risco de entregar-se nas mãos do outro(a); é fazê-lo(a) conhecer a verdade de um coração que ama. que se alegra, que se entristece, que tem dificuldades internas ou externas, que luta e que  consegue libertação...

         Podemos amar a todos, desejando o bem e fazendo o bem para cada um; podemos gostar de muitos, no entanto, confiar numa pessoa é o passo mais importante e o mais bonito, pois, além de dizermos que a amamos, estamos expressando com nossa confiança que também nos sentimos amados (as) por ela.

         A confiança é uma das maiores provas do amor em comum, recíproco. As grandes amizades se medem pelo tamanho e profundidade da confiança!

         Com um(a) amigo(a), partilhamos o coração, sobre nós mesmos (as), o que se passa conosco. Abrir o coração, falar dos nossos erros e acertos, exige uma grande confiança, mas com um(a) grande amigo(a), tudo isso se torna fácil.

        A nossa missão é sermos e fazermos as outras  pessoas  felizes,  amadas.  Quando as pessoas se sentem amadas, dão o melhor de si para o benefício de todos. Quando isso não acontece é porque está faltando mais amor.

         Ter a plena certeza de que se é amigo(a) ou que tem um(a) amigo(a), isso é suficiente para que, em qualquer lugar onde estiver, sinta-se feliz.

         Nem o tempo, nem a distância, nem os acontecimentos conseguem destruir uma grande amizade. O segredo da amizade é a confiança... Confiança recíproca é a solidez da amizade. É no coração que se registra a profundidade de uma amizade!

         Seja nas horas felizes ou nas horas mais difíceis, nunca esteja só, conte sempre com a presença amiga. Se estiver longe, escreva, telefone, “telepatize”, envie uma mensagem, e-mail, faça uma oração pela pessoa amiga... Se estiver perto, vá ao seu encontro, escute e converse, dialogue, partilhe tudo que o que sente e o que faz...! De alguma forma, a pessoa amiga sempre estará unida a você e muito amando você!  A Amizade é DOM e é abençoada por Deus!
          Cultive as boas amizades, como flores do jardim de Deus!

Autoria: Ir. Elenilza  – SMI 

15 de setembro - N. Srª das Dores


15 de setembro - Festa de N. Srª das Dores


Salve, Mãe Maria!
Celebremos N. Srª das Dores e peçamos a ela que nos mantenha fortes diante das mais diversas situações:
v   Diante das dores diversas
v   Diante da coroa de espinhos
v   Diante dos cravos que perfuram
v   Diante das espadas cortantes
v   Diante de uma palavra mal dita
v   Diante de uma incompreensão
v   Diante das guerras no mundo
v   Diante da falta de paz e amor
v   Diante da(s) cruz(es)
v   Diante de todo e qualquer sofrimento que possa aparecer na vida...
Aprendamos de Maria a compreender e oferecer as dores da vida, permanecendo firmes de pé e com fé em qualquer situação!

domingo, 9 de setembro de 2012

ALEGRIA E TRISTEZA





ALEGRIA E TRISTEZA

         Viva a vida com leveza mesmo diante dos “pesos pesados”, pois, o peso é maior ou menor conforme o modo de olhá-lo e carregá-lo.

         Quem está perto da felicidade e não a sente, abra uma janela no coração e na mente que ela está bem a sua frente.

         Não precisa muito para ser feliz basta ser livre no pensamento e no coração.

         A alegria é a opção para um coração que ama e se sente amado.

         Seja sempre bonito(a), pois, a melhor beleza não está no rosto ou nas formas do corpo,  mas no coração de cada pessoa que tem alegria e beleza interiores.  Por isso, depende de cada um(a) ser ou ficar mais bonito(a).
        
         Assim como o arco-íris nasce num instante colorindo o mundo em sete cores, a felicidade brota constantemente no coração de quem faz o mundo mais colorido. 

         Pode-se viver feliz com uma ou com mais de mil oportunidades, depende, apenas, se fez bom uso dela(s).

         A alegria brota, espontaneamente, no coração daquele (a) que faz o verdadeiro bem ao outro na simplicidade; que faz tudo o que pode fazer ou aquilo que queria que os outros lhe fizessem e a tristeza brota no coração daquele (a) que, até faz o bem, mas acha que faz mais do que os outros ou que está atrás de reconhecimento.

          Para viver feliz não precisa muita coisa, basta aprender a viver e conviver.

         Tristeza é uma doença, aguda ou crônica, que pode se instalar no coração do ser humano que não cultiva o entusiasmo dentro de si.  Ela pode ser perigosa e até levar à morte repentina ou à morte lenta.  Os alegres morrem igualmente aos tristes, mas não morrem de tristeza, morrem felizes por ter chegado ao fim da batalha, à vitória final.

         Tristeza é a opção de quem não descobriu dentro de si outras opções.

         A alegria é o resultado da vida interior de alguém que está em paz com Deus e com seus irmãos.  Não  que ele seja, necessariamente, um ser perfeito, mas que sente o amor e a compreensão de todos, por isso, transborda de alegria.

         A alegria e a tristeza nascem no coração de cada um(a), depende do exercício diário que a pessoa faz para deixar aflorar mais uma ou mais a outra.  Os acontecimentos externos facilitam ou provocam uma das duas, mas não as fabricam. A fabricação e a motivação delas é no coração humano.

Do Livro “Aprendendo com a Vida”
Autoria: Ir.  Elenilza  –SMI
                                                                     
                                                                                                                               2005 

sábado, 18 de agosto de 2012

RESILIÊNCIA EM VERSOS



 Processos-chave da resiliência
                   (Síntese)


                           I
Sistema de Crenças na resiliência
É a alma e o coração.
Logo depois vem seguindo
Padrões de organização
Dando continuidade
Com processos de comunicação.
                       II
Atribuir sentido a adversidade
Valorizando humana relação.
E dos problemas estressores
Fazer a contextualização.
com coerência,  são administráveis
Se perceber bem a situação.
                       III
Tendo um Olhar positivo
Tem iniciativa e perseverança
Tem coragem e encorajamento
É otimista, tem esperança
Até confronta o que é possível
Sem perder a confiança.
                       IV
Na transparência e Espiritualidade
Tem propostas, objetivos, valores
Espiritualidade e inspiração
Possibilidades sem temores
E acontece a transformação
Nas adversidades, sem horrores!
                     V
Dentro da Flexibilidade
Tem a capacidade de mudanças,
de reformular, reorganizar,
de adaptar-se como criança
E de criar estabilidade
Com autonomia e segurança.
                   VI
Seguindo com a coesão,
Apoio. Colaboração, compromisso.
Liderar, prover, proteger
E saber investir nisso.
E buscar reconciliação
Sem se tornar submisso.
                   VII
Recursos sociais e econômicos
Com a família e apoio social
Sabendo trabalhar em rede
Comunitário e família é legal
Construindo a segurança financeira
Para não chegar em caso fatal.
                    VIII
Clareza e Expressões abertas
Mensagens claras e consistentes
Esclarecimentos de ambigüidades
Das palavras, das ações e que sente
Compartilhando sentimentos
Como pessoa que não mente.
                       IX
Tendo empatia nas relações
Tolerância, solidariedade.
Dos sentimentos e comportamentos
não culpar, ter responsabilidade.
Ter interações prazerosas, bem humoradas
Sentindo-se bem à vontade!
                       X
Colaboração na solução de problemas
Primeiro saber identificar
Depois das idéias criativas
Decisões compartilhadas tomar,
Focando os objetivos a seguir
postura proativa, ajuda a se preparar.
                       XI
Praticar a resiliência
Requer um bom treinamento
Do corpo, mente e coração
E não esquecer um só momento
E se exercitando cada dia
Não parará mais no sofrimento!
                      XII
Pois vai ficando mais forte
E sabendo superar
Com uma maior rapidez
porque já pôde experienciar.
Já se torna promotor de vida
Sabe até, a outros, orientar.
E para ser Formador
É formar-se para formar.

(Ir. Elenilza - SMI)

CORES E RAÇAS (CULTURAS) (em português e em italiano)


CORES E RACAS 

NEGRA, BRANCA VERMELHA, AMARELA,
SEJA QUAL FOR A RAÇA OU A COR QUE VOCÊ TEM
NEGRA, BRANCA, VERMELHA, AMARELA,
A COR QUE VOCÊ TEM É AQUELA QUE LHE FICA BEM.

1 – Branco com negro sai um bonito mulato,
Branco com índio – um mameluco nota mil
Índio com negro – sai um ótimo cafuzo
E toda essa mistura compõe o nosso Brasil. (que maravilha)

2 – Seu continente de origem seja a Ásia ou a África,
América, Europa ou de lá da Oceania
Cores e raças espalhadas pelo mundo
Cada uma delas, contemplo e canto com alegria. (as diferenças)

3 – E, assim, mundo afora, nas raças e nas cores,
Quanta maravilha, vejam só quanta beleza
Sem essa diversidade não seria tão bonito
As cores e as raças embelezam a natureza (que beleza)

4 – Nem a minha, nem a sua é mais bonita que a outra,
Somos diferentes, temos uma identidade:
De cor e de raça, de costumes, de cultura,
Mas, juntos neste mundo, formamos uma unidade (a humanidade).
(L e M – Ir. Elenilza – MI) .

EM ITALIANO:  
COLORI  E  RAZZE
NERA, BIANCA, ROSSA O GIALLA...
SIA QUALUNQUE RAZZA O COLORE CHE HAI TE
NERA, BIANCA, ROSSA O GIALLA...
IL COLORE CHE HAI TE E’ QUELLO CHE TI STA’ BENE

1-    Bianco con Nero esce un bel mulato
Bianco con Índio  un mameluco nota mille
Indio con il nero esce un ottimo cafuso
Questa miscela de colore compone il nostro Brasile
(che meraviglia!)

2-    L’origine del tuo continente  sia l’Asia o l’Africa,
l’America o l’Europa o di la’ dell’Oceania
Colori e razze sparse per il mondo,
Una per una io le canto con molta gioia (le diferenze!)

3-    E cosi nel mondo nelle razze e nei colori
Quanta meraviglia, vedete quanta bellezza
Senza questa diversita’ non sarebbe tanto bello.
I colori e le razze  rendono bello la natura (che bellezza!)

4-    Ne mio colore, ne il tuo, e’ il piu’ bello di tutti
Siamo diversi, abbiamo una  identita’
di colore, di razza, di costumi e di culture.
Insieme in questo mondo, siamo felici in unita’ ( l’umanita'!) 

domingo, 5 de agosto de 2012

Para Aniversário de um(a) grande ou melhor amigo(a)


PARABÉNS PARA ALGUÉM ESPECIAL
                
Parabens para você,
Amigo(a) que estende a mão!
Resplandece como o sol,
Amo de todo coração!
Bendigo tão grande amizade!
Especial, que de muitos valores, é maior!
Nada como uma boa amizade!
Só Deus pode ser melhor!

Parabens para você e muitos anos de vida feliz!
Feliz Aniversario, é o que seu(sua) amigo(a) diz!
Com carinho e amizade e para toda a eternidade!
Seu (sua) amigo(a), hoje, bendiz! 

2º Dom de agosto: Dia dos PAIS (Mensagem)

Letra da Música:


PARABENS POR SER PAI!
      (L e M: Ir. Elenilza - MESC)

1- Você de muitos filhos, poucos filhos ou só um
Mas que sabe educar e orientar pra o bem comum
Você que contribui na formação de unia família
Ou de uma geração, acompanhando com atenção 
Os filhos e as filhas. 
  
2 – Você que dá proteção, segurança, carinho e amor,
Está atento ao crescimento à alegria e a dor
Que mostra o caminho do bem, sabe corrigir e levar para Deus,
Para que no caminho da vida, algum dia, ninguém diga
Que seu filho se perdeu.

3 – Você que dialoga com a família, com os filhos,
Cuida bem da sua casa e dá à vida aquele brilho
Você que, na missão de Pai, está por amor e por vocação,
Desçam sempre as bênçãos de Deus sobre você e sobre os seus
E o que eu desejo de coração. 
                                                       REFRÃO
Você é Pai Você é Pai
Parabéns para você - Parabéns por ser Pai
Você é Pai. Você é Pai
A Deus, quero agradecer - Por você (81S)   

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Experiência de oração com o Sagrado Coração de Jesus




A você que me procura, que conversa comigo, que acredita e confia em mim, que me tem como seu grande amor, que não me esquece nas horas alegres e nas horas tristes, que me conta suas coisas, que reserva um horário especial para mim, que me põe a frente de tudo em sua vida, que me leva no seu coração para todos os lugares onde você anda, que me vê através de outras pessoas, a você que, de alguma forma está sempre comigo e tem a certeza de que eu estou sempre com você...Tenha a certeza que eu amo você e que em tudo: Basta-lhe a minha Graça!     (Jesus Cristo)

segunda-feira, 9 de julho de 2012

3º Domingo de agosto - Dia da Vida Religiosa





Nada melhor que oferecer flores, nesta data especial,
juntamente com os nossos
Parabens
Pela Vida de amor e doação ao Povo de Deus!



*                    A VIDA RELIGIOSA É:
*                      Presença marcante e evangelizadora!
*                      É profetisa e transformadora!
*                      A que, no que faz, vale a qualidade!
*                      Quem busca no Cristo sua identidade!
*                      A que é sinal de Cristo na Igreja!
*                      A que é solidária com o povo!
*                      A que abre o coração para acolher a todos!
*                      Que assume o que é seu com garra!
*                      Que gera vida nova para o Reino de Deus!
*                      Aquela que anima e na dor está de pé!
*                      A que é luz em sua comunidade!
*                      A que questiona pelo próprio ser!
*                      A que testemunha com o seu viver!
*                      É aquela que sabe a todos amar!
*                      A que muito mais falta, aqui, expressar!


Autoria:Ir. Elenilza – MESC – SMI